FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 15 Mai 2021

Festa do Avante estreia nova versão clássica da “Carvalhesa” por Vitorino d’Almeida

A festa do Avante, em setembro, vai estrear uma nova versão clássica, de António Vitorino d’Almeida, para a “Carvalhesa”, música-hino da festa dos comunistas e das campanhas do PCP.  

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O anúncio foi feito no jornal oficial do PCP, Avante, que publicou um suplemento sobre a programação cultural da Festa do Avante, de 03 a 05 de setembro, em que é apresentado concerto sinfónico, comemorativo dos 100 anos do partido e inclui temas ligados ao centenário da Comuna de Paris, de Hanns Eisler, Beethoven e Lopes Graça.

Originalmente, a “Carvalhesa” foi o hino da campanha para as legislativas desse ano, resultado de um trabalho de pesquisa em que foi escolhida uma música do “Cancioneiro Popular Português, de Michel Giacometti, que foi gravada pelo musicólogo na aldeia de Tuiselo, Vinhais, distrito de Bragança, recorda-se no jornal.

A música teve várias versões (pop, rock, jazz e clássica), tendo sido pedida mais uma, clássica, a António Vitorino d’Almeida, feita em 1991, que a batizou de “Abertura Clássica sobre um tema popular português, Op. 89”, que agora é apresentada pela primeira vez, pela Orquestra Sinfonietta de Lisboa.

“Desde os tempos das guerras napoleónicas até ao século XXI, o concerto sinfónico deste ano da festa do Avante”, faz um “percurso paralelo, com mais de dois séculos, entre movimentos revolucionários nos quais a arte musical se envolveu”, lê-se na abertura do suplemento.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts