FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 02 Fev 2021

Festival Sons de Vez cancela parte da programação

O festival Sons de Vez, em Arcos de Valdevez, cancelou toda a programação de fevereiro, que devia arrancar na próxima sexta-feira. O Sons de Vez, marcado para o Auditório da Casa das Artes, seria um dos primeiros festivais de 2021, em Portugal.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O festival de Arcos de Valdevez decorre “sem interrupções desde 2002” e “este ano são seria exceção”. No entanto, a pandemia da covid-19 fez com que a organização anunciasse, em comunicado, “o cancelamento da agenda de fevereiro”, tendo esta 19.ª edição “apenas início na primeira data de março”.

No ano passado, a pandemia da covid-19 obrigou a organização do festival a cancelar parte da programação da 18.ª edição, a que estava prevista para março, depois de ter sido decretado o encerramento das salas de espetáculos. Este ano, “infelizmente, a história repete-se”.

Assim, ficam canceladas as atuações de Carminho (na sexta-feira), Galandum Galandaina (12 de fevereiro), Clã (19 de fevereiro) e PAUS (26 de fevereiro), que “serão reagendadas para o presente ano, em data ainda a anunciar”.

A organização do festival decidiu manter, “neste momento”, as datas “respeitantes ao mês de março”: Mão Morta (05 de março), Plástica (12 de março), Tarântula + Nó Cego (19 de março) e Luísa Sobral (26 de março).

Os bilhetes para o Sons de Vez, com os preços a variar entre os cinco e os dez euros, “são colocados à venda na semana respeitante a cada concerto”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts