FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 07 Fev 2021

Campeonato de Portugal: Vianense sofre pesada derrota diante Braga B

O Sport Clube Vianense deslocou-se este domingo a Fão, no concelho de Esposende, para defrontar a equipa B do Sporting Clube de Braga. A formação de Viana do Castelo cometeu demasiados erros diante o conjunto mais poderoso do campeonato, acabando por sofrer uma pesada derrota (6-1) que só se justifica pela eficacia atacante dos arsenalistas, que aproveitaram sempre bem os erros individuais dos jogadores do Vianense.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Neste jogo da 15ª jornada do Campeonato de Portugal, parece difícil compreender, mas o Braga B não conseguiu construir lances de perigo junto da baliza do Vianense. O primeiro golo surge de um remate de fora da grande área e os outros cinco em rápidos contra ataques.

Na primeira parte, com um Vianense muito personalizado a defender, o Braga B teve sempre muitas dificuldades em chegar perto da baliza de Taha Zareei. Aos 29 minutos, e com alguma felicidade, a equipa da casa conseguiu chegar à vantagem com um remate de Schurlle, que traiu o iraniano (1-0).

No último lance do primeiro tempo o Vianense bem que se pode queixar da equipa de arbitragem. Ruca Sobral foi atropelado dentro da grande área por um defesa contrario, com o arbitro a fazer vista grossa a um lance tão evidente.

Na segunda parte a equipa de Miguel Mota, a perder por uma bola a zero, apareceu mais atrevida no ataque e começou a criar problemas à zona defensiva do Braga B.

Quando o jogo começava a ficar mais equilibrado, e no melhor período do Vianense na partida, uma escorregadela de Cristiano permitiu um contra ataque aos bracarenses que fizeram o segundo tento por Djaló (2-0).

Pouco tempo depois foi a vez de Ruca Sobra perder a bola em zona proibida, permitindo nova transição rápida ao adversário que voltaria a ampliar a vantagem, de novo, por Djaló (3-0).

O Sport Clube Vianense nunca atirou a toalha ao chão, e através de uma boa jogada finalizada por Rodrigo, acabou por reduzir o marcador (3-1). A equipa de Miguel Mota voltou a crescer no jogo, ganhou três cantos seguidos e esteve perto de voltar a marcar.

No terceiro pontapé de canto, Óscar Sá permitiu a defesa da tarde ao guardião da equipa da casa, e ao aliviar a bola da zona perigosa, o Braga ganha nova possibilidade de contra atacar e fez o quarto golo (4-1).

A partir desse momento o jogo partiu-se e os donos da casa conseguiram mais dois golos em transição (6-1).

O Sporting Clube de Braga B acabou por justificar a vitória, mas os números exagerados castigam em demasia a boa prestação da equipa de Viana do Castelo.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts