FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 15 Fev 2021

Antigos Postos Fiscais de Viana do Castelo e da Amorosa adjudicados no âmbito do Revive Natureza

O Antigo Posto Fiscal de Viana do Castelo e o Antigo Posto Fiscal da Amorosa integram a lista divulgada pelo Ministério da Economia dos 12 imóveis adjudicados a entidades privadas no âmbito do Revive Natureza.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os primeiros 12 imóveis do concurso para atribuição dos direitos de exploração turística do Fundo Revive Natureza foram adjudicados a entidades privadas em concursos que tinham como objetivo a reabilitação de espaços para criação de oferta turística que seja “sustentável e inovadora”, de acordo com o comunicado do Ministério da Economia.

Nos 12 concursos está prevista a criação de 50 postos de emprego, é indicado, em projetos maioritariamente destinados a alojamento para fins turísticos (oito concursos), mas também de restauração (dois) e de atividades de animação e lazer de âmbito turístico (dois), “com características inovadoras em termos operacionais e face à oferta existente na região”.

O comunicado aponta ainda que “as propostas vencedoras, para além da recuperação do imóvel de uma forma que minimize o impacto ambiental, assumem o compromisso de criar emprego localmente, bem como de promover outras ações com impacto social relevante.”

É indicado que os concorrentes propõem promover os produtos típicos da região, sejam de ordem alimentar ou artesanato, por exemplo, e a criação de experiências, nomeadamente através de parcerias, que permitam aos visitantes usufruir de experiências de natureza ou experiências culturais.

Os concorrentes vão ter nove meses para apresentação e aprovação dos Pedidos de Informação Prévia vinculativos, ou dos Projetos de Arquitetura, junto das Câmaras Municipais onde estão localizados os imóveis.

O Revive Natureza foi lançado a 21 de julho de 2020, tendo recebido um total de 161 propostas.  O Fundo poderá conceder financiamento às entidades a quem foi atribuído o direito de exploração dos imóveis, criando condições para a concretização dos respetivos projetos de investimento.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts