FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 06 Jan 2021

Portugal prevê empenhar contingente de 1.706 militares no estrangeiro em 2021

O Estado português prevê empenhar um contingente de 1.706 militares em Forças Nacionais Destacadas (FND) no estrangeiro em 2021, num total de 27 missões internacionais, segundo documento oficial do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA).

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Sob a égide da NATO, União Europeia, Nações Unidas ou ao abrigo de acordos bilaterais, está igualmente planeado o recurso a 75 viaturas, sete aeronaves e seis navios por parte dos três ramos das Forças Armadas: Marinha, Exército e Força Aérea.

A República Centro Africana é o cenário que absorve mais militares lusos, num total de 198, com 184 operacionais da força de reação imediata estacionados no quartel-general da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA), em Bangui.

As FND têm um orçamento de 63 milhões de euros, de acordo com o quadro de dotações específicas do relatório do Orçamento do Estado para 2021, mais três milhões de euros do que em 2020.

Os números estão em linha com os de 2020, ano em que o EMGFA estimou 1.738 militares empenhados em 22 missões internacionais, assim como cinco navios, sete aeronaves e 66 veículos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts