FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 12 Jan 2021

Covid-19: Distrito de Viana do Castelo com “contagio acelerado e transmissão comunitária generalizada”

Numa apresentação efetuada hoje na reunião no Infarmed entre políticos, epidemiologistas e especialistas em saúde pública sobre a evolução da pandemia, o professor Óscar Felgueiras, da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, salientou, que o crescimento da curva “ainda se mantém com força”, registando-se aumentos de incidência de mais de 30% em muitos concelhos da região Norte.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

“Assiste-se a um regresso a um patamar próximo do pico de novembro. A média de casos a sete dias está claramente acima da média a 14 dias, o que indica que vai continuar a subir”, frisou o especialista, sustentando ainda que a subida “é transversal a todas as faixas etárias”.

Segundo Óscar Felgueiras, o distrito mais crítico na região Norte é o de Viana do Castelo, onde se verifica um aumento da incidência de 109%. “É muito acelerado e com a agravante de não ser associado à faixa etária dos 80 ou mais anos. Não está associado a lares, dá-se na população ativa e configura uma clara transmissão comunitária generalizada”, sentenciou.

Desde há várias semanas que os dias de Óscar Felgueiras são passados ao computador, a interpretar – “com grande preocupação” – dados e a prever cenários de curto e médio prazo para a evolução da pandemia da Covid-19.

Na verdade, foi a urgência da situação em que Portugal mergulhou, que fez este docente do departamento de Matemática da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) deixar temporariamente as aulas para se juntar à equipa da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) que está a acompanhar a evolução da epidemia da Covid-19 em Portugal, em particular no Norte do país.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts