FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
Pedro Xavier 28 Dez 2020

Politécnico de Viana do Castelo é uma das entidades de ensino superior mais sustentáveis do Mundo

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) é a segunda instituição de ensino superior em Portugal e a 172º a nível mundial no UI GreenMetric World University Rankings on Sustainability 2020. Trata-se de um ranking que avalia, mundialmente, a sustentabilidade ambiental de 912 universidades através de seis variáveis: Infraestruturas; Energia & Alterações Climáticas; Resíduos; Água; Transporte; e Educação & Investigação.

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O IPVC destaca-se, sobretudo, em Infraestruturas e Energia e Alterações Climáticas, tendo sido, nestes dois indicadores, a melhor classificada portuguesa.

António Curado, Pró-Presidente do IPVC para a Sustentabilidade e Património, considera que “este posicionamento meritório permite transmitir uma mensagem interna e externa de que estamos a transformar-nos num campi cada vez mais sustentável, verde e detentor de infraestruturas de qualidade”.

Desde há três anos que o Politécnico de Viana do Castelo integra este ranking. Por comparação com o ano anterior, subiu duas posições a nível nacional e cento e setenta e nove a nível mundial.

Segundo Ana Sofia Rodrigues, Pró-Presidente do IPVC para a Qualidade, a sustentabilidade é uma marca do IPVC, pois enquadra-se nos Objetivos Estratégicos da instituição, que estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) preconizados na Agenda 2030, e consubstancia-se no “Campus Sustentável e Inclusivo IPVC”, um dos eixos-chave do seu Plano Estratégico.

“Os resultados que temos vindo a obter no GreenMetric resultam de um programa sustentado, através do qual o IPVC tem realizado fortes investimentos em várias áreas, incluindo na sensibilização ambiental e na implementação de mecanismos de gestão de resíduos e de consumos sustentáveis”, explica.

Merecem destaque o Guia de Boas Práticas Ambientais, os relatórios de Consumos Anuais, o desenvolvimento e certificação do Sistema Integrado de Qualidade e Responsabilidade Social, que permitiu alavancar as ações de sustentabilidade social, ambiental, mobilidade e consumos sustentáveis, o Projeto Escola-Inclusiva, o Eco-Escolas, bem como o Projeto Refill H2O, que obteve a melhor classificação no Programa “Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono”, o IPVC Concilia, o Projeto Intervenção na Promoção de Estilos de Vida e Cidadania+ (INPEC+), um dos vencedores das Academias Gulbenkian do Conhecimento 2020, etc.

No domínio da sustentabilidade ambiental, o IPVC tem um conjunto de investimentos em curso relacionados com eficiência energética, financiados pelo POSEUR, que visam a melhoria do desempenho energético dos seus edifícios, reduzindo o consumo energético e as emissões de gás de efeito estufa. Também tem ações práticas na área da gestão dos recursos hídricos, na área da reciclagem e reutilização de resíduos. A nível da mobilidade sustentável, destaca-se o projeto U-BIKE, BUS-Académico e a aquisição de veículos elétricos com instalação de postos de carregamento.

O IPVC também tem conquistado importantes prémios na área da Responsabilidade Social. Mais recentemente, arrecadou o Prémio Santander Uni.Covid-19 com o projeto Janelas ConVida. Em 2019, venceu o ERP Eco Sustainability Award, com o desenvolvimento de um Depositrão (antirroubo), e também o Novo Verde Packaging Universities Award, com CAFE – Consciência Ambiental para o Fim das Embalagens. Em 2018, foi Prémio Academia Grace, com o Sistema de auxílio e melhoramento à mobilidade de pessoas invisuais, e Prémio de Voluntariado Universitário promovido pelo Santander Universidades Portugal-Projeto, com a Escola Inclusiva IPVC.

Ainda para António Curado, “a participação em diversas redes tem possibilitado a partilha de boas práticas e o desenvolvimento de parcerias para a implementação dos ODS.”

O IPVC é sócio coletivo da Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB), é membro do Centro Habitat − Cluster Habitat Sustentável, da Rede Campus Sustentável (RCS), da Rede de Voluntariado Universitário (R-VES), do Observatório de Responsabilidade Social de Instituições de Ensino Superior (ORSIES), da Principles for Responsible Management Education (PRME), do Healthy Campus programme, da FISU, entre outros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts